É possível celebrar as festas de final de ano com segurança?

De acordo com os órgãos oficiais de saúde, a forma mais segura de se passar as festas de final de ano é ficando em casa. Porém sabemos que muitas pessoas vão optar por visitar a família. Mas será que é possível celebrar as festas de fim de ano sob baixo risco de infecção pelo novo Coronavírus?

Vai Viajar? Invista em proteção individual.


A viagem de menor risco é aquela que você faz com seu núcleo familiar, isto é, pessoas com as quais você tem contato diário.


Se o caso for viajar de Ônibus:

  • Use máscara, trocando sempre que necessário

  • Higienize as mãos sempre!

  • Ao usar o banheiro do ônibus, dê descarga com a tampa fechada. A transmissão pode correr através de aerossóis das fezes.

  • Desça do ônibus quando esse fizer paradas. Deixe que o ar circule dentro do veículo nesses momentos.

E de avião?

As aeronaves possuem sistema de circulação de ar e filtros melhores que aqueles dos ônibus. Além disso, viagens de avião costumam ter menor duração que de ônibus, diminuindo o tempo de exposição. Os cuidados são os mesmos descritos para viagens de ônibus.


Precisa comprar o presente de Natal?

Fazer a compra dos presentes Online é sempre o mais recomendado, mas se realmente precisar ir ao Shopping seja objetivo, evite ficar circulando pelas lojas. Quanto menos tempo no ambiente, melhor. Máscara e álcool sempre.


E a tradicional festa em família?

Escolha um lugar aberto, com ampla circulação de ar, pois a parte de maior risco é quando tiramos a máscara para comer.

Caso vá receber pessoas de fora do seu núcleo familiar:

  • Separe mesas. Coloque pessoas do mesmo núcleo familiar juntas respeitando o distanciamento entre as mesas.

  • Evite música alta. Nesses momentos as pessoas costumam falar mais alto e portanto acabam expelindo mais partículas no ar. Karaokês e corais em família também devem ser evitados.

  • Lembre-se de respeitar a vontade individual de cada um da família em não querer se reunir devido ao risco de infecção.


Hora da Ceia

  • Higienize suas mãos antes de se servir e antes de comer

  • Escolha uma pessoa de cada núcleo familiar para servir as demais pessoas do seu núcleo. Isto evita o contato de várias pessoas com a comida.

  • Mantenha os alimentos tampados sempre que possível.

  • Não tossir, espirrar ou ficar conversando sobre a comida.

  • Vai servir aperitivos? Faça porções menores e deixe na mesa do núcleo familiar.

Se você estiver com qualquer suspeita ou sintoma relacionado ao COVID evite ao máximo expor outras pessoas.

Bebidas alcoólicas

Bebidas alcoólicas tendem a aglomerar as pessoas e deixá-las mais descontraídas e com isso tomam menos cuidado, aumentando a chance de transmissão. Se optar por servir bebidas ( seja alcoólicas ou não) sirva em embalagens individuais, latas e/oi garrafas pequenas para que cada um pegue e consuma apenas o seu.


Limpando a Bagunça


A louça usada pode ser limpa normalmente com água e sabão. Assim como as demais partes da casa que receberam pessoas.


Atente-se em higienizar locais onde as pessoas costumam colocar as mãos com frequência, como maçanetas de portas.


Natal sem abraços?

Infelizmente esse ano o natal vai ter que ser diferente. Evite o contato físico com as pessoas de fora do seu núcleo familiar. Sabemos que é muito difícil mas a vacina está logo aí, aguentem firmes, principalmente se o contato físico envolver pessoas idosas.

E o famoso Réveillon na Praia, pode?

A praia parece oferecer risco menor de contaminação por ser um local aberto ao ar livre. Porém, isso depende muito da quantidade de pessoas nesse local. Praias lotadas oferecem tanto risco quanto locais fechados.


Reunião em lugares públicos com shows e queimas de fogos deveriam ser cancelados pelos governos a fim de evitar aglomerações.


Vigilância pós festas

Autoridades de saúde esperam que os casos aumentem ainda mais após as festas, mesmo em locais que estão apresentando baixo número de infectados. As migrações de pessoas devido ao natal e festas podem causar esse aumento nos casos já no começo do ano que vem.


O clima de amor e fraternidade do natal perde o sentido se colocarmos as pessoas que amamos em risco. Cuidem-se e cuidem de quem vocês amam.

Por Nayara Pereira em 23/12/2020.


Referências:


1. Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC - EUA) : https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/daily-life-coping/holidays.html


2. Rosana Richtmann, infectologista do Instituto Emílio Ribas em entrevista ao programa Café da Manhã da Folha de São Paulo.

60 visualizações

COVID Verificado

Teremos um enorme prazer em tirar as suas dúvidas!

Escreva para nós!

  • Branco Facebook Ícone
  • Instagram
  • Branca ícone do YouTube

Você tem alguma dúvida sobre o COVID-19? 

arrow&v
arrow&v
O COVID Verificado faz parte da 
entidades-criam-a-rede-nacional-de-comba
Assine